SEJAM BEM VINDOS!!

Fiz esse blog com incentivo de um amigo meu das letras. A princípio era mais uma brincadeira de escrever, mas aos poucos fui tomando gosto pela coisa, e hoje não consigo passar um dia sem "por os pés" aqui. Agradeço sinceramente os caros leitores que "pisarem" por aqui, também. Fiquem à vontade para comentar, sugerir, descer o cacete...rs, ou mesmo se tornar um "seguidor" desse democrático ou rabugento espaço (como queiram).

COMPARTILHANDO BLOGS

Olha quem acompanha esse blog:

terça-feira, 21 de agosto de 2012

DESEJÁVEL


DESEJÁVEL

Um ser alado espreita vozes
Sussurram hinos de ode à noite
Voz doce das vinhas em flor
A amada desce ao campo exalando perfume
O vento sopra a alva do dia
sobre o véu velando a formosura
Os cabelos emolduram a face
Essência em gotas de orvalho
desce ao colo, tinge os vestidos
de transparência 
O amado embriagado de amor desperta 
é o incenso, o nardo da madrugada
O aroma escarlate do vinho suave
Ele destila mel e desejo
no céu da boca
debaixo da língua
desce ao jardim,
ao banquete,
a câmara.
Ali juraram amor eterno.

2 comentários:

Lado A Lado B disse...

Putz, eu devia passar aqui mais vezes! Tás cada vez melhor.

pedepoesia disse...

Eu? Tu que é porreta! Bigaduuuu pelos passos por aqui, mestre.