SEJAM BEM VINDOS!!

Fiz esse blog com incentivo de um amigo meu das letras. A princípio era mais uma brincadeira de escrever, mas aos poucos fui tomando gosto pela coisa, e hoje não consigo passar um dia sem "por os pés" aqui. Agradeço sinceramente os caros leitores que "pisarem" por aqui, também. Fiquem à vontade para comentar, sugerir, descer o cacete...rs, ou mesmo se tornar um "seguidor" desse democrático ou rabugento espaço (como queiram).

COMPARTILHANDO BLOGS

Olha quem acompanha esse blog:

domingo, 19 de abril de 2009

OBTUSO


Pelos ângulos sombrios dessa cerne

Tateando, percorro cada canto.

Com esmero de criança adulta

Planto flores de vidro e sonhos.

Mas se um tango caliente convidar-me a dançar

Sairei ao teu encontro

Explorando transparências

Vidros estilhaçam

Flores acordam

Sonhos aguçam a imaginação

E um olhar noturno penetra a carne

A retina faz-se aguda e ilumina

O interior obscuro desse ser

De medidas exatas traçadas

Longilíneas retas no compasso da dança

Nos passos milimétricos

Que roçam as pernas

E o rubor na face outrora abandonada

Desperta a flor de carnencarnada

E o busto decerto alteia-se em fogo

Dos olhares geométricos

Nas bocas nuas desenhadas

Desvirginadas, disfarçadas de sonhos.

Um comentário:

Alisson da Hora disse...

"flores de vidros e sonhos"...

poesia é uma coisa simples, assim...

beijo grande