SEJAM BEM VINDOS!!

Fiz esse blog com incentivo de um amigo meu das letras. A princípio era mais uma brincadeira de escrever, mas aos poucos fui tomando gosto pela coisa, e hoje não consigo passar um dia sem "por os pés" aqui. Agradeço sinceramente os caros leitores que "pisarem" por aqui, também. Fiquem à vontade para comentar, sugerir, descer o cacete...rs, ou mesmo se tornar um "seguidor" desse democrático ou rabugento espaço (como queiram).

COMPARTILHANDO BLOGS

Olha quem acompanha esse blog:

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

DE(Z)CADÊNCIA POÉTICA


Dúvida, dizimastes dias de deusa
declínio decassílabo decadente


dizias da dormente Dirce:

despojadamente doce donzela!


devaneio diário

deverias duvidar da descida


dísticos dias determinantes

domínio,derrocada


dádiva do destino

desencanto, deveras.

2 comentários:

Adilson Jardim disse...

Fantástico, Selma, uma união forma/conteúdo como "soe" a Palavra Poética. Parabéns.

PEDEPOESIA disse...

Sempre gratificante tê-lo por aqui. Bigaduuuuuuu...