SEJAM BEM VINDOS!!

Fiz esse blog com incentivo de um amigo meu das letras. A princípio era mais uma brincadeira de escrever, mas aos poucos fui tomando gosto pela coisa, e hoje não consigo passar um dia sem "por os pés" aqui. Agradeço sinceramente os caros leitores que "pisarem" por aqui, também. Fiquem à vontade para comentar, sugerir, descer o cacete...rs, ou mesmo se tornar um "seguidor" desse democrático ou rabugento espaço (como queiram).

COMPARTILHANDO BLOGS

Olha quem acompanha esse blog:

sexta-feira, 16 de julho de 2010

ALGUMAS RESTRIÇÕES (ic!)


SOZINHO

SOmel tem gosto de fel

nesse momento cruel

sem perder o fôlego
o último gole ficou no céu
(do cérebro)

viu postes, pontes e peles

pendendo dos próprios pés
e os punhos?


cerrou-os cético e cego

corroído com o curto convivioZINHO
.

4 comentários:

Adilson Jardim disse...

Que restrição boa,Céu! Dá um nome pra ela, que te peço emprestado, com créditos devidos, para o meu Alipo.
Beijo

PEDEPOESIA disse...

RESTRIÇÃO ÀS AMARRAS

Ei, mestre, a ideia principal aqui, consiste em "amarrar" o poema com o título. Este, é construído a partir da primeira sílaba poética, e concluído com as últimas sílabas do último verso, naturalmente. Vale ressaltar que o título deverá resumir-se, em uma única palavra. Além disso, o esquema estrófico deve ser em ordem decrescente (esta é conhecida, rs) e obedecer a acumulação aliterativa. Só isso, rs...

Bj@

PEDEPOESIA disse...

Alguma "restrição" ou sugestão quanto ao nome? he he...

Lucas Nícolas™ disse...

Pow muito bom seu blog... interessante pakas... tem tanta coisa pra ver que fiquei perdido... quando tiver mais tempo eu olho com mais atenção...